quarta-feira, 26 de março de 2014

Antônio Nunes Vieira


Antônio Nunes Vieira, natural e batizado em  Rio Grande, filho de João Nunes Machado e de Maria Vieira, naturais da Ilha São Jorge. Foi casado com Isidora dos Anjos, natural e batizada em Desterro, SC, filha de Manuel Gonçalves Pereira e de Rita dos Anjos, naturais da Ilha Terceira (Livro de batismo nº 4, de Viamão). A habilitação de casamento deles, na Cúria Metropolitana de Porto Alegre, foi em 1783.


No primeiro livro da Freguesia Real de Santa Ana, no Morro Grande, encontramos registros de batismos de sobrinhos do Antônio, e também nos primeiros livros da Igreja  Matriz de Viamão, sendo que os registros dos filhos dele começam aparecer no livro nº 4, em 1784. Seu pai e irmão, pelo que se sabe, receberam datas de terras, naquela freguesia , em 1770. 
Outros irmãos de Antônio:
1- João Nunes cc. Maria Inácia
2-José Nunes Vieira cc. Antônia de Jesus
3- Ana Maria cc. Manuel Machado da Silveira


A família Nunes Vieira deixou grande descendência em Viamão, até hoje, encontramos pessoas, desta família, vivendo na região da Faxina. Também estou entre estes descendentes por parte do meu avô paterno, Dorvalino Nunes Vieira, filho de Luiz Nunes Vieira e de Maria Nunes Vieira, neto por parte paterna de Evaristo Nunes Vieira e Maria Francisca Xavier e por  parte materna de Manuel Nunes Vieira e Isabel Nunes Cardoso. Meu avô Dorvalino descende diretamente de José Nunes Vieira e Antonia de Jesus (tetravós por parte materna) e de Antônio Nunes Vieira e Isidora dos Anjos (trisavós por parte paterna).


Além disso os Nunes Vieira estão ligados a família Abreu, pois Antônio Nunes Vieira e Isidora dos Anjos, eram avós de Dorothéa Nunes Vieira que foi casada com Justiniano Pereira de Fraga e bisavós de Firmina Pereira de Fraga que foi casada com Felippe Nery de Abreu.




Inventario de Antonio Nunes Vieira, nº: 469, maço: 22- 1º Cartório de órfãos- Porto Alegre-1843
Inventariante: Isidora dos Anjos Vieira, viúva.

Herdeiros( filhos):
1- Joana Maria de Jesus (1784- LB4,18v) cc. Ten. Pedro Silveira de Mattos, em 20/06/1804( LC 2A,14).
2- José (1786- LB4, 32), foi batizado pelo Ignácio dos Santos Abreu,  faleceu em 1787, com 1 ano (LO 2, 47)
3- Maria Joaquina de Jesus (1788- LB 4,49)  cc. André Martins d'Ávila em 30/07/1808 (LC 2A, 33v).
4- José Nunes Vieira (1791- LB 4,73v)
5- Manuel Nunes Vieira (1793-LB 4,73v)
6- Carlos Nunes Vieira (1795- LB 4,112)
7- Luciano Nunes Vieira (1803)
8- Leonardo Nunes Vieira (1806)
9- Francisco Nunes Vieira (1807)
10- José (1811)

Bens arrolados no inventário:

01 casa de pedras c/ telhas
01 casa de atafona
02 1/2 datas de terras
01 par de esporas de prata
722 gado vacum
07 bois velhos
11 bois novos
02 potros
08 éguas novas
12 cavalos mansos
02 cavalos
18 éguas xucras
vários utensilios de cozinha
02 machados
03 enxadas
01 martelo
01 espingarda
01 rodado de carreta velho
outros móveis 
1/4 de casa na Freguesia

Escravos:
Pedro, 50 anos
Rosa, 56 anos
Manuel, 30 anos (quebrado)
Joana, 25 anos
Joaquina, parda, de 11 anos
Na partilha a viúva ficou com o equivalente a 829$ 014
Cada filho com 92$112




quarta-feira, 30 de outubro de 2013

ROSTOS SEM NOMES....



Recebemos estas fotos, porém  ficamos tristes, pois não estavam  identificadas. São  pessoas ligadas a família Abreu de Viamão.





























segunda-feira, 27 de maio de 2013

MARIA FAUSTA DE ABREU (1808) cc. MANOEL VAZ FERREIRA (1805-1889)



MARIA FAUSTA DE ABREU (1808) cc. MANOEL VAZ FERREIRA (1805-1889)

Ela nasceu em Viamão, em 16/07/1808, filha de Ignácio dos Santos Abreu e Francisca Perpétua de Abreu. Ele nasceu em 1805, natural do Rio de Janeiro, filho de Manoel Vaz Ferreira e Maria Teresa, também naturais do Rio de Janeiro. Casou com Maria Fausta em 18/07/1833. Viúvo de Fausta , casou , com IGNÁCIA ROSA FERREIRA. Manoel faleceu em 08/01/1889.
Filhos do casal:
F.1-MANOEL VAZ FERREIRA JUNIOR (1837) cc. JACINTA MARIA JOSÉ PIRES
Manoel nasceu em Viamão, em 15/02/1837. filho legitimo de Manoel Vaz Ferreira e Maria Fausta de Abreu. Foram padrinhos: Ricardo dos Santos Abreu que apresentou procuração de seu irmão Francisco Xavier dos Santos Abreu e Dona Dorothea Fausta de Abreu.
N.1-HONORINA DE VASCONCELOS MALTA, cc. BERNARDINO DA SILVA MALTA, viúva residente em Mostardas.
N.2-MARIA FAUSTA DE VASCONCELOS OLIVEIRA cc. IRINEU RODRIGUES DE OLIVEIRA, viúva residente no RJ.
N.3-MARIA ANTONIA DE VASCONCELOS DA SILVA cc. FRANCISCO JACQUES DA SILVA, viúva residente em Porto Alegre.
N.4-GEORGINA DE VASCONCELOS RAMOS cc. TIMOTHEO DA VEIGA RAMOS, viúva residente em Viamão.
N.5-ARABELA DE VASCONCELOS FERREIRA, solteira, maior de idade, residente em Viamão.
N.6-JOSÉ DE VASCONCELOS FERREIRA, casado, residente em Itapuã.
N.7-PODALÍRIO DE VASCONCELOS FERREIRA (1877-1951), solteiro, com 74 anos, reconhece, em testamento, os filhos naturais
       BN.1-Heitor de Abreu Vaz
       BN.2-Aracy de Abreu Vaz
       BN.3-Naber Vaz da Silva
N.8-HONÓRIO DE VASCONCELOS FERREIRA
       BN.1-Vasconcelino Vaz Ferreira, registrado em 28/12/1897.

F.2-FRANCISCO VAZ FERREIRA (1839-1896)
Segundo informações de familiares e do Inventário Participativo de Viamão (1999), Francisco Vaz Ferreira foi pai de Francisco Vaz Ferreira Filho (Chico Marinho), fruto de um relacionamento com Marinha Nunes Vieira (1849), filha de Bárbara Weber, nascido em 26/10/1864.
N.1-FRANCISCO VAZ FERREIRA FILHO cc. MARIA ALDINA CARDOSO DA SILVA
Ela é filha de Manoel Cardoso da Silva e Ignácia Vieira de Aguiar.
 cc. MARIA EMÍLIA DE ABREU (1847-1872)
Francisco nasceu em 29/01/1839. Foram padrinhos: João Marcelino Pires e Luiza Fausta de Abreu. Casaram em 20/10/1870, ela filha de Ricardo dos Santos Abreu e Maria Carlota de Abreu. Maria Emília faleceu em 27/03/1872, aos 25 anos de tísica.
N.2-ANA EMÍLIA FERREIRA (1871) cc. FRANCISCO DE SALLES BARCELLOS (1870)
Ela nasceu em 16/09/1871. Ele é filho de João Rodrigues Barcellos (1836-1881) e Tília Ricarda de Abreu (1839). Casaram em 1892.
     BN.1-Joanna (1893)
     BN.2-Erondina (1896)
     BN.3-João Barcellos Sobrinho cc. Dorothea Abreu Barcellos (1900)
     Ela nasceu em 28/05/1900, registrada no cartório de Viamão, filha de Felippe Nery de Abreu e            Firmina Pereira de Fraga.
     BN.4-Liberalina
     BN.5-Enói
     BN.6-Tília Barcellos Ávila cc. Arlindo de Oliveira Ávila
     BN.7-Assis Barcellos cc. Saturnina Fraga de Abreu
     Ela, filha de Francisco Nery de Abreu e Túlia Fraga de Abreu.
     BN.8-Eliete
     BN.9-Aída
Francisco de Salles Barcellos,viúvo de Ana Emília, casou em 2ª núpcias com MERCEDES SILVEIRA
     BN.10-Américo Barcellos (1921) cc. Dária Nunes (tia do Doca)
     BN.11-Maria de Lourdes (1922) cc. João Ribeiro
     BN.12-Eva cc. Adalberto Monteiro
     BN.13-Acácio Rodrigues Barcellos cc. Emília Marques Barcellos (1932)
     BN.14-Batista Silveira cc. Cléria Nunes
     BN.15-Gabriel cc. Celina
     BN.16-Heitor Barcellos cc. Leda Goulart
     BN.17-Maria Barcellos cc. Gonçalves Gonçalves
N.6-JOÃO RODRIGUES DE BARCELLOS (1877)

F.2-FRANCISCO VAZ FERREIRA (1839-1896), viúvo de Maria Emilia, casou em 2ª núpcias, com MARIA LEOPOLDINA DE ABREU (1857-1879), em 23/01/1873, ficando viúvo novamente em 1879, quando sua esposa falece , aos 22 anos, de tísica pulmonar.
N.2-RICARDO JUVENAL DE ABREU FERREIRA (1874).
N.3-TÍLIA FAUSTA FERREIRA (1878) cc. FRANCISCO SCARPETTI
Ele ,natural do Uruguai, filho de Nicolau Scarpetti, natural da Itália, e Lúcia Scarpetti, natural do Uruguai.
     BN.1-Noema (1899-1899)
     BN.2-Ester Scarpetti (1908)
     BN.3-Nelson Scarpetti (1912) cc. Marina Gattino Scarpetti
     BN.4-Alencarino Scarpetti (1902-1982) cc. Eutália Fraga de Abreu Scarpetti
     BN.5-Volmer Scarpetti cc. Zilda Fraga de Abreu (1922)
     BN.6-Cecília Scarpetti cc. Djalma Veiga
F.2-FRANCISCO VAZ FERREIRA (1839-1896),casou em 3ª Núpcias, com MARIA CARLOTA DE ABREU (1850), outra irmã de suas falecidas esposas, em 03/11/1880.
N.4-CECÍLIA DE ABREU FERREIRA (1882)
N.5-MARIA DA GLÓRIA FERREIRA (1883)
N.6-CARLOTA (1885) nascida em 17/05/1885, filha de Francisco Vaz Ferreira e Maria Carlota de Abreu Ferreira. Avós paternos Manoel Vaz Ferreira e Maria Fausta de Abreu. Avós maternos Ricardo dos Santos Abreu e Maria Carlota Ferreira. Foram padrinhos Felippe Nery de Abreu e Tilia de Abreu Barcellos.
N.7-FELICIDADE (1888)
N.8-NOEMIA (1890-1890)
N.9-OTÍLIAVAZ FERREIRA (1892) cc. JOSÉ LUIS DA LUZ (1894)
Ele nasceu em 13/03/1894. Casaram em 10/04/1916. Ele, filho de Ernesto Vieira de Aguiar e Vicentina Silveira da Luz.
N.10-ANA EMÍLIA FERREIRA (1892)

FRANCISCO VAZ FERREIRA era sobrinho de Ricardo dos Santos Abreu, portanto primo em 1º grau, das Marias, com as quais foi casado. Francisco faleceu em 04/08/1896, deixando viúva Maria Carlota de Abreu.

F.3-MARIA DOROTHÉIA FERREIRA (1840) cc. MANUEL NUNES MONTEIRO
Ela nasceu em Viamão, em 11/10/1840, filha legitima de Manoel Vaz Ferreira e Maria Fausta de Abreu. Neta paterna de Manoel Vaz Ferreira e D. Maria Teresa, e materna de Inácio dos Santos Abreu e D. Francisca Perpétua de Jesus.
N.1-IDALINA (1877)

F.4-FRANCISCA UBALDINA FERREIRA cc. ARTHUR VASCONCELLOS CIRNE
Francisca nasceu em 11/05/1844. Foram seus padrinhos: Antonio Gomes Ferreira e Josefina Rodrigues de Freitas.
Em 15/09/1862, casaram, em Viamão, Artur de Vasconcellos Cirne e Francisca Ubaldina Ferreira, ele filho legítimo de Casemiro Vasconcellos Cirne e Felisberta Henrica de Paiva e ela filha legítima do Capitão Manuel Vaz Ferreira e Maria Fausta de Abreu, já falecida.
N.1-VICENTINA DE VASCONCELLOS CIRNE (1864) cc. ALCEBÍADES JOSÉ GATTINO
Vicentina nasceu em 22/09/1864, filha de Arthur Vasconcellos e Francisca Ulbadina Ferreira, neta paterna de Casemiro Vasconcellos Cirne e Felisberta Henriques de Paiva, e materna de Manoel Vaz Ferreira e Maria Fausta Abreu. Foram padrinhos Francisco Vaz Ferreira e Maria Dorothea Ferreira.
N.2-MARIA FAUSTA DE VASCONCELLOS CIRNE (1860) cc. ANTONIO DE SOUZA FRAGA (1863), casaram em 19/07/1885, ele com 25 anos e ela com 22.
N.3-MANUEL DE VASCONCELLOS CIRNE (1866)
N.4-ARTHUR DE VASCONCELLOS CIRNE (1868)
N.5-FRANCISCA DE VASCONCELLOS CIRNE (1871)
N.6-LUIZA DE VASCONCELLOS CIRNE (1873)
F.5-JOÃO VAZ FERREIRA (1850-1879)
F.6-ANTONIO VAZ FERREIRA (1852)
Nasceu em 13/11/1852. Padrinhos: Ignácio de Vasconcellos Ferreira e Joanna Marcelina Pires. Neto paterno de Manoel Vaz Ferreira e Maria Theresa de  Jesus. Neto materno de Ignácio dos Santos Abreu e Francisca Perpétua de Abreu.

MANOEL VAZ FERREIRA, viúvo de Fausta, casou com IGNÁCIA ROSA FERREIRA
Ela nasceu em 11/07/1850, filha de Justino Nunes Vieira e Genoveva Rosa de Lima. Tiveram os filhos:
F.7-IZIDRA VAZ FERREIRA DE SOUZA (1873) cc. JOSÉ JACINTO DE SOUZA (-1895)
Ele natural da Bahia, advogado, casado com Izidra, foi Juiz de Comarca em Viamão.
N.1-SERAPHINA (1891)
N.2-MARIA DA GLÓRIA (1893)
N.3-JOSÉ (1894)
N.4-CLOTILDE (1895)

F.8-FRANCISCO (1877) cc. IGNÁCIA GOUDINHO DE SOUZA
Ela é filha de Manuel Goudinho de Souza e Ana Leonarda da Silveira.
N.1-IGNÁCIO VAZ FERREIRA (1903-1906)
N.2-ISIDRA VAZ FERREIRA (1904) cc. ATHANÁSIO DA COSTA GUIMARÃES (1900)
Ele nasceu em 16/10/1900, filho de Narciso da Costa Guimarães e Francisca de Oliveira Fraga.
N.3-CLETO VAZ FERREIRA (1905) cc. BENAVENUTA DA COSTA GUIMARÃES (1910)
Ela, filha de Narciso da Costa Guimarães e Francisca de Oliveira Fraga, nasceu em 1910 e casou em 24/07/1937.
     BN.1-Maria Clarinda de Souza cc. Breno Abreu de Souza (1936-2004)
     BN.2-Orci Ferreira Nunes cc. Sady Oscar Nunes
     BN.3-Fausto Ferreira de Fraga cc. Nilson Santa Helena de Fraga
     BN.4-Dário Guimarães Ferreira cc. Esmerilda da Silva
N.4-MARIA VAZ FERREIRA
N.5-ESPERIDIÃO VAZ FERREIRA (1905-1991) cc. IZABEL DANIEL NUNES (1916-1993)
Ela nasceu em 12/05/1916 e faleceu, em Viamão, aos 77 anos, em 01/06/1993, filha de Antonio Daniel Nunes e Dorvalina Daniel Nunes.
N.6-JOVELINO VAZ FERREIRA
N.7-EGIDIO VAZ FERREIRA
N.8-ROSA VAZ FERREIRA
N.9-ANA VAZ FERREIRA
F.9-MANOEL (1879)
F.10-HENRIQUE (1882)
F.11-OSCAR (1884)





Fontes:

Testamento de Podalirio de Vasconcellos Ferreira- autos: 2036- ano:1951- APERS




quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

NARCIZO VIEIRA DE AGUIAR (1869-1923) E MARIA ANGÉLICA NUNES (1879)

ASCENDÊNCIA DE NARCIZO E MARIA ANGÉLICA

       Ele, filho natural de Balbina dos Santos Guterres, nasceu em 15/01/1869 e faleceu, em 05/06/1923, assassinado durante a revolução de 1923 (sepultado no cemitério de Itapuã). No registro dos filhos, no cartório de Águas Claras, diz que ele é filho de Delfino Vieira de Aguiar e Balbina. Ela é filha de Marinha Nunes Vieira e bisneta de Bárbara Weber, nascida em 13/05/1879. No registro dos filhos, no cartório de Águas Claras, diz que ela é filha de João José de Souza e Marinha. 




                  
BALBINA DOS SANTOS GUTERRES

É filha natural de Felicidade Maria da Conceição.

F.1-MARIA VIEIRA DE AGUIAR (1866) cc. JOSÉ GALDINO BOEIRA (1869)
Casaram em 18/7/1891, ela com 25 anos e ele com 22 anos (LC 8, 9v). Ela faleceu em 10/01/1902.
N.1-VICENTE
N.2-GOMERCINDO
N.3-AMADOR
N.4-CLOTILDE

F.2-JOÃO VIEIRA DE AGUIAR  SOBRINHO (1867) cc. DINA GOMES VIEIRA (1871)
Ele nasceu em 23/01/1868. Ela filha de Leão Vieira de Aguiar e Maria Gomes Vieira. Casaram em 23/5/1890.

F.3-NARCIZO VIEIRA DE AGUIAR (1869) cc. MARIA ANGÉLICA NUNES (1879)

F.4-ANDRE VIEIRA DE AGUIAR (1870)
Nascido em 04/02/1870.
                
F.5-MIGUEL VIEIRA DE AGUIAR JUNIOR (1871)
Nascido em 29/09/1871.
                
F.6-MARIA DELFINA VIEIRA DE AGUIAR (1872-1902)
Nascida em 02/10/1872.
                
F.7-FERMINO VIEIRA DE AGUIAR (1875)
Nascido em 21/08/1875.
                
F.8-BENTO VIEIRA DE AGUIAR
               
F.9-CASTORINA VIEIRA DE AGUIAR cc. SALUSTIANO VIEIRA DE AZEVEDO 



BARBARA WEBER

 F.1-LEÔNCIO DANIEL NUNES cc. LUIZA DA COSTA MACHADO
Ela é filha de José Antonio Machado e Maria da Costa Machado.Casaram em 26/06/1875
 (LC  5, 36 e 36v). Tiveram os filhos:         
 N.1-ARCÍRIO (1877) LB 16, 50.
 N.2- ANGÉLICO DANIEL NUNES (1879) LB 17, 73 e verso. Cc. MARIA ANGÉLICA DA SILVA
 Ela é filha de Júlio Ignácio da Silva e Joaquina P da Silva.
                  BN.1-Ondina Daniel Celi Nunes  
 N.3- FRANCISCO (1881) LB18, 81.Foram padrinhos: Francisco Vaz Ferreira filho e Antonia Nunes Vieira.
 N.4-ANTONIO DANIEL NUNES (1892) cc. FRANCISCA VAZ FERREIRA
 Ela é filha da Flora. Ele nasceu em 08/08/1892 (LB A, 4).
                  BN.1-Leôncio Daniel Nunes  (1916-2012) cc. Deolinda Nunes de Nunes (1920)
                  Ela é filha do Henrique Daniel Nunes com a Cesarina (irmã do Tico Laranjeira) , neta materna de Antonio Ignácio da Rocha Filho e Diolinda Angélica de Souza e neta paterna de Pedro Daniel Nunes e MariaNunes.
                                TN.1-Maria Francisca de Nunes cc. Antenor de Souza Nunes (Doca): 
                                Ele é filho do Valdemar Daniel Nunes e Alda (filha da Téia).
                                 TN.2-Darina cc. Jair Fraga de Abreu
                  BN.2-Ricardo Daniel Nunes (Querenga)
                  BN.3-Isolina Daniel Nunes (Jota) cc. Belço Sanhudo
                  BN.4-Lídia (Negrinha)
                  BN.5-Antonio Daniel Nunes (Tunica)
                  BN.6-Raul Daniel Nunes cc. Maria (filha da Cecília Pereira e Luis).
                  BN.7-Valdemar (Quiquí)
                                 TN.1-Antenor de Souza Nunes cc. Maria Francisca de Nunes
 N.5-IDALINA DANIEL NUNES cc. LUIS JOSÉ VIEIRA 
 Ele é filho de José Nunes Vieira e Florinda Nunes Vieira.
                  BN.1-Celina Daniel Nunes (1922)  Cartório de Águas Claras.
                  BN.2-Maria Rosa Daniel Nunes (1924)
N.6-JOSÉ DANIEL NUNES cc. MALVINA GOMES DE OLIVEIRA
Ela é filha de João Gomes de Oliveira e (Inocência) Maria do Nascimento.
                  BN.1-Helena Nunes de Oliveira (1921)
                  BN.2-Galvão Daniel Nunes (1924)
N.7- ALICINIA DANIEL NUNES  cc.. ARTHUR VIEIRA DE AGUIAR
                 BN.1- Artilão Vieira de Aguiar (1924)
                 Nasceu em 10/01/1924, registrado no cartório de Aguas Claras.

F.2- MARINHA (1848)
N.1-FRANCISCO VAZ FERREIRA FILHO (1864-1931) cc. MARIA ALDINA CARDOSO DA SILVA (1866)
                 BN.1-Manuel Vaz Ferreira  (1889)
                 BN.2-Pompeu Vaz Ferreira (1891-1950)  cc.  Dorothea Goulart 
                 BN.3-Pedro Vaz Ferreira (1893-1928)  cc.  Manuela Ferreira da Silva (1896)
                 BN.4-Raulina  (1894)
                 BN.5-Laudelina Vaz Ferreira (1895) cc. Salustiano Barcellos
                 BN.6-Heracto (1900)
                 BN.7-Nena (1900)
                 BN.8-Aristídes Vaz Ferreira (1902-1978)
                 BN.9-Manuela
                 BN.10-José
                 BN.11-Diversina
 N.2-MANUEL ILUSTRE DE SOUZA (1873) cc. DIAMANTINA BARCELOS DE FRAGA (1873)       
Casaram em 07/09/1908. Foram testemunhas: Acácio dos Santos Abreu e Manuel Marques da Rocha. 
Ele é filho  de João José de Souza  e Marinha Nunes Vieira.  Ela é filha de Crescêncio José de Fraga e Maria Joaquina de Barcellos  (LC 8, 30v).
 N.3- ELIZA, batizada em 15/11/1882, nascida em 29/07/1876, filha natural de João José de Souza e Marinha Nunes Vieira, neta 
 paterna de Porphírio Ilustre de Souza e Jacintha da Conceição, e materna de Barbara Weber, já falecida. 
 N.4-MARIA ANGÉLICA NUNES (1879) cc. NARCIZO VIEIRA DE AGUIAR (1869)
 Ela foi batizada em 15/11/1882, nascida em  13/05/1879, filha natural de João José (Ilustre) de Souza e Marinha Nunes Vieira, 
 neta paterna de Porphírio Ilustre de Souza e Jacinta da Conceição, e materna de Barbara Weber. Ele é filho natural de Balbina dos Santos Guterres.
 N.5-JOSÉ, batizado em 15/11/1882 e nascido em 06/03/1882 (LB 18, 80v e 81).  Filho natural de João José de Souza e 
 Marinha Nunes Vieira, neto paterna de Porphírio Ilustre de Souza e Jacinta da Conceição, e materno de Barbara Weber.
 Foram padrinhos Francisco Vaz Ferreira Filho e Nossa Senhora Protectora.
 N.6-LUIZA ILUSTRE DE ABREU (1890) cc. ACCÁCIO DOS SANTOS ABREU (1887-1963)
 Ela nasceu  em 25/10/1890, filha natural de Marinha Nunes Vieira  e João José de Souza,  natural deste  estado, neta materna 
 de Bárbara Weber. O declarante foi Francisco Vaz Ferreira Filho (L3,122v- cartório de registro civil-centro/Viamão).
                                                                                        Mais informações em Accácio dos Santos Abreu.

F.3-ZECA DANIEL

F.4-PEDRO DANIEL NUNES (1854-1904) cc. MARIA IGNÁCIA DA SILVA
Ela é filha de Ignácio Vieira da Silva e Lucinda da Silva (irmã da Clarinda do Balthazar Guterres).
N.1-ROBERTA (1893) L5, 167 de 1893-1894.
N.2-HENRIQUE (1891) L 4, 44v

      
DESCENDÊNCIA DE NARCIZO E MARIA ANGÉLICA

 F.1- LÍDIA VIEIRA DE AGUIAR (1899) cc. RICARDO EUSTÁQUIO DOS    SANTOS ABREU (1902)
















 F.2-CECÍLIA VIEIRA DE AGUIAR (1900) cc. AYRES
                                                                                      
                                                      

F.3-LUIZ VIEIRA DE AGUIAR


F.4-IDALINA VIEIRA DE AGUIAR (1902) cc. REDUZINO (1902) Cemitério de Itapuã.
           






















F.5-ISABEL VIEIRA DE AGUIAR (1902) cc. BENTO                                                                                                                                                                                                                                                      
Registro da Isabel: LB A2, 58 e v-cartório de Águas Claras. 


F.6-FLORÊNCIO VIEIRA DE AGUIAR (1904)  cc. CELINA (filha da Beta)
           

F.7-DELFINO VIEIRA DE AGUIAR (1905)  cc. CARLINDA                                                                                                               


 F.8-POMPEO VIEIRA DE AGUIAR (1912) cc. ISAURA                                                                                                        
            


F.9- OTÍLIA VIEIRA DE AGUIAR (1916) cc. FELIPE IGNÁCIO DOS SANTOS ABREU (1911)


F.10-ÍRIA VIEIRA DE AGUIAR (1923cc. JOSÉ
            




                                          

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Famílias pesquisadas neste blog

Em 2005  o Jaime Abreu começou suas pesquisas, através dos depoimentos de familiares , informações do arquivo pessoal de José Carlos Abreu, e fotos que foi reunindo com a família, foi formatando o seu arquivo, afim de resgatar e preservar a memória desta imensa família, uma das primeiras a chegar no solo viamonense.
Em 2010 me juntei a ele, nestas pesquisas e, nos voltamos para a pesquisa documental, junto a arquivos, cartórios e cemitérios, sem, contudo,  menosprezar os depoimentos de familiares que nos dão excelentes pistas e rumo para pesquisarmos.
Descobrimos fatos interessantíssimos, todos postados neste blog :

  •   Processo de legitimação dos filhos do Ignácio dos Santos Abreu  que teve com Francisca Perpetua, antes do casamento. 
  • O processo que teve como réu o escravo do Cel. Ignácio Abreu, Joaquim Guari e, como vítima o filho do coronel, José Ignácio Abreu.
  •  As origens de Joana Correia da Silva, esposa de Ricardo dos Santos Abreu Filho.

Além disso nos deparamos com várias  famílias, através dos laços de casamentos com a família Abreu. Algumas delas estão publicadas neste blog, outras estão no material que estamos reunindo para um livro, que pretendemos publicar.

Famílias que  pesquisamos:
  • Araújo Villela
  • Ramirez Correa
  • Santos Abreu
  • Gomes da Silva
  • Gutterres
  • Ferreira
  • Lopes
  • Cardoso da Silva
  • Nunes Machado
  • Nunes Vieira
  • Pereira Fraga
  • Fraga

Qualquer informação e fotos que quiserem compartilhar, poderão enviar para o e-mail:
ani.gui1965@gmail.com ou através de depoimentos pelo blog.







domingo, 11 de novembro de 2012

Era Delfino Vieira de Aguiar, pai de Narciso Vieira de Aguiar?


Postamos aqui  o testamento de Delfino Vieira de Aguiar, pois, embora o testamento diga que ele não tinha descendentes, existem , pelo menos, dois registros  no cartório de Águas Claras onde ele aparece como  o pai dos filhos de Balbina Luíza Gutterres e, por conta disso, avô de Lídia Vieira de Aguiar, filha de Narciso Vieira de Aguiar e de Maria Angélica Nunes. Só resta saber, se informaram que era o pai , por gratidão, pelo fato de terem sido herdeiros do mesmo, em seu testamento, ou se eram filhos naturais, que nunca foram reconhecidos , por Delfino.
 Lídia foi  casada  com Ricardo Eustáquio de Abreu, filho de Inácio dos Santos Abreu e de Maria Carlota Nery de Abreu, neto paterno de Ricardo dos Santos Abreu Filho e de dona Joana Correia da Silva.



Delfino Vieira de Aguiar era filho de Miguel Vieira de Aguiar e Constança Luíza da Conceição,nasceu em 1843, foi batizado em Viamão, no dia sete de junho de 1843( LB 10,90) ,  faleceu em Viamão, solteiro, aos oito dias do mês de maio de 1901, deixando testamento, o qual transcrevo,  em partes.
“ Aos nove dias do mês de maio de mil novecentos e um, nesta Vila de Viamão, em meu cartório autuo o testamento , e escritura  de ratificação que adiante segue, do que para constar faço esta autuação. Eu Virgílio Carcínio Nunes, escrivão interino da Provedoria, escrevi e assino.
Translado do testamento que fez o capitão Delfino Vieira de Aguiar ( Livro 6º, pág.68).
Saibam quantos este público instrumento virem que no ano de nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo de mil oitocentos e noventa e quatro, aos vinte e nove dias do mês de dezembro, nesta vila de Viamão do estado do Rio Grande do Sul, em meu cartório compareceu como testador o capitão Delfino Vieira de Aguiar, morador do terceiro distrito desta vila, conhecido o próprio de mim tabelião, que dou fé. E pelo dito testador o capitão Delfino Vieira de Aguiar que se achava  de saúde e em seu perfeito juízo e claro entendimento, na presença das cinco testemunhas no fim nomeadas e assinadas, me foi declarado que queria fazer o seu testamento aberto e disposições de inteira vontade, para por seu falecimento ter inteiro vigor e completa validade e que por este testamento  e na melhor forma de direito faz, instituindo seus herdeiros os filhos de Dona Balbina Luíza Gutterres( grifo meu) , seguintes:
Castorina, nascida no dia 27 de julho de mil oitocentos e noventa e dois. Maria, nascida a 29 de maio de mil oitocentos e sessenta e seis. João, nascido a 23 de janeiro de mil oitocentos e sessenta e oito. Narcizo, nascido a 15 de janeiro de mil oitocentos e sessenta e  nove. André, nascido a 4 de fevereiro de mil oitocentos e setenta. Miguel, nascido a 29 de setembro de mil oitocentos e setenta e um. Maria Delfina , nascida a 2 de setembro de mil oitocentos e setenta e dois. Fermino, nascido em 21 de agosto de mil oitocentos e setenta e cinco. Bento , nascido em 4 de janeiro de mil oitocentos e oitenta e um.
E  bem assim aos filhos de dona Maria José Ferreira Jardim, de nomes Alipio, nascido em agosto de 1882 e Laurindo, nascido em abril de 1878, mas digo mais ou menos. O qual herdará a quarta parte dos meus bens que a cada um dos outros passa a competir. Sendo estes batizados na igreja Santo Antônio, em Porto Alegre e os outros na Igreja Matriz  desta vila de Nossa Senhora da Conceição de Viamão. Sendo padrinhos da primeira, Antônio José de Fraga Filho e sua mulher dona Florinda Maria da  Conceição; da segunda, Propício José Rodrigues e dona Maria da Silva Fraga; do terceiro, João da Silveira Nunes e dona Castorina de Oliveira Gomes; do quarto, Narciso José Goulart e sua mulher dona Maria José Guimarães; do quinto, José Antônio Guimarães e sua mulher dona Maria José Ferreira Jardim; do sexto, Manuel Cardoso da Silva e sua mulher dona Ignácia Vieira de Aguiar e Silva; do sétimo Faustino Vieira de Aguiar Filho e sua mulher dona Diolinda Caetana da Silva; do oitavo Felippe Nery de Abreu e  sua mulher dona Fermina Pereira de Fraga; do nono, Luiz Vieira de Aguiar e sua mulher dona Bernardina Vieira da Motta; do décimo, João Vieira de Aguiar  Sobrinho e dona Castorina Vieira de Aguiar; do décimo primeiro, Francisco Nunes Pinto e sua mulher dona Maria Nunes da Silva.
Declaro ainda que sou solteiro, natural deste estado e filho legítimo de Miguel Vieira de Aguiar e de  dona Constança Luiza da Conceição, ambos falecidos e que não tenho ascendentes ou descendentes, vem instituir, como instituidos ficam aqueles nove filhos e filhas de dona Balbina Luiza Gutterres e os dois filhos de dona Maria José Ferreira Jardim por seus únicos e universais herdeiros de todos os seus bens, direitos e ações havidos ao tempo de sua morte, todos os bens que ele testador possuir.Sendo o último como já  declarou o herdeiro somente da parte dos bens que a cada um dos outros passa a competir [...].”

Os testamenteiros  foram: João Vieira de Aguiar Sobrinho, Miguel Vieira de Aguiar e André Vieira de Aguiar, todos também herdeiros.
As testemunhas foram: Acácio Martins Prates, Fausto José da Veiga, Antônio Campos de Ávila, Ladislau Honório de Moraes e Emílio Nunes.

 Embora nas declarações de Delfino ele  se diga solteiro e sem descendentes, existe um registro  no cartório de  Águas Claras  onde uma filha de Narcizo Vieira de Aguiar, um dos herdeiros mencionados acima,   aparece como  neta paterna dele( Delfino) e, de Balbina Gutterres.  Isso poderia confirmar que ele teve um relacionamento com Balbina e,  mesmo não reconhecendo oficialmente aos filhos, antes de morrer, os torna seus legítimos herdeiros.

  O registro cartorial diz  o seguinte, transcrevo em partes:
" Aos 20 dias do mes de outubro de 1923, compareceu ao cartório Felipe Nunes Vieira  que declarou perante testemunhas que no domicílio de seu vizinho e parente, nasceu hoje, as quatro horas, uma criança do sexo feminino que tomará o nome de Iria. Filha legitima de Narciso Vieira de Aguiar, já falecido e de dona Maria Angélica Vieira de Aguiar( Nunes), agricultores. Neta paterna de Delfino Vieira de Aguiar e de dona Balbina Gutterres dos Santos Vieira ( Dos Santos Gutterres)[...]"

O declarante não sabia os sobrenomes corretos de  Maria Angélica e de Balbina, mas ele sabia, pois  talvez fosse notório à família e aos  vizinhos, que  Delfino era o pai de Narciso.
Outro detalhe que nos chama atenção é que Narciso já havia falecido a época do registro da filha. Segundo informações , ele foi morto,  por questões políticas , em sua própria  residência.


Esperamos encontrar mais documentos ou depoimentos que esclareçam esta situação.


Fontes:

Cartório de Águas Claras, Viamão- Livros de registros de nascimentos, casamentos e óbitos.

Livro de batismos da Igreja Nossa Senhora da Conceição de Viamão, disponível em: https://familysearch.org

Arquivo Público do Estado do  Rio Grande do Sul- Testamento de  Delfino Vieira de Aguiar- Provedoria, Viamão. Ano de 1901, nº. 71, maço 3, estante 128.

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

TÚLIA FRAGA DE ABREU (1876)


Ela foi batizada em 08/12/1876 e nasceu em 12/08/1876. Foram padrinhos Francisco Vaz Ferreira e Maria Leopoldina de Abreu. Filha de Saturnino José de Fraga e Maria Ricarda de Abreu.
Casou, em 26/12/1901, com  FRANCISCO NERY DE ABREU (1876), também com 25 anos, filho do Felippe Neri da Abreu e Fermina Antonia de Fraga.


F.1-FELIPE FRAGA DE ABREU (1902-1959)  cc. ANGÉLICA DOS SANTOS ABREU (1907-1975)
Ela nasceu em 25/4/1907, filha de Inácio dos Santos Abreu e Maria Carlota Nery de Abreu. Ele nasceu em                15/10/1902.


F.2-SATURNINA FRAGA DE ABREU (1904) cc. ASSIS BARCELOS
Saturnina nasceu em 13/04/1904 (LN A2, 121). Ele, filho de Francisco Salles de Barcellos e Ana Emília Ferreira.


F.3-CÍCERO FRAGA DE ABREU (1913-1994)  cc  EMÍLIA ABREU DE ABREU (1915-2003)
Ela, filha de Inácio dos Santos Abreu e Maria Carlota Nery de Abreu.




F.4-EUTALIA cc. ALENCARINO SCARPETTI (1902-1982)
Ele, filho de Francisco Scarpetti e Tília Fausta Ferreira.



F.5-ZILDA FRAGA DE ABREU cc. VOLMER SCARPETTI
Ele, filho de Francisco Scarpetti e Tília Fausta Ferreira.

              
              F.6-AURORA (faleceu jovem)


               F.7-OLGA (faleceu jovem)

ILDA (filha de escravos) e ALZEMIRO (Cebinho):
Foram criados com a família.


OS FILHOS DE SATURNINO JOSÉ DE FRAGA E MARIA RICARDA DE ABREU


SATURNINO JOSÉ DE FRAGA cc.MARIA RICARDA DE ABREU (Vó Sinhá )
Casaram  em 17/01/1867,  na Igreja Matriz de Viamão. Ele é filho de Tristão José de Fraga e Maria Carolina da Silva,   neto paterno de Simão José de Fraga e Jacinta Clara do Sacramento e neto materno de José Cardoso da Silva e Ana Clara de Jesus. Ela é filha de Ricardo dos Santos Abreu e Maria Carlota Ferreira, neta paterna de Ignácio dos Santos Abreu e Francisca Perpétua de Jesus e neta materna de José Gomes da Silva e Francisca Perpétua. Foram testemunhas: Feliciano Jose Cardoso da Silva e João R. Barcellos. Tiveram os filhos:


F.1-VICTORIANO FRAGA DE ABREU (1865) cc. FRANCELINA CANDIDA DA SILVA
Batizado em 30/12/1865 e nascido em 09/07/1865. Ela é filha de José de Sousa Silva e Francisca Cândida da Silva.

F.2-EMÍLIA FRAGA DE ABREU (1869) cc. JOAQUIM MARQUES
Emilia, mais conhecida por Cimila, nasceu em 29/07/1869.  Foram padrinhos os avós paternos.
N.1-LELÉ  cc.  ARNALDO COELHO
N.2-SATURNINO cc. MIGUELINA PINTO
N.3-ROLIM FRAGA MARQUES (RAULINO)  cc. ISALTINA COELHO DA SILVA
Ela é filha de Bento da Silva e Otília Coelho.
N.4-CERÍÁCO  cc. MARIANA CORREIA
N.5-OSCAR (solteiro)
N.6-MARIQUINHA cc. ANTONIO  PINTO
N.7-CECÍLIA (solteira)


F.3-MARIA CARLOTA DE ABREU  cc.  RICARDO DE ABREU BARCELOS (1862)
Maria Carlota, também chamada de Lola, foi batizada em  02/12/1871. Foram padrinhos: Leão Rodrigues Barcellos e Tília Ricarda   de Abreu.  Casaram em 12/04/1890,  Ricardo de Abreu Barcellos, 28 anos, filho de João Rodrigues Barcellos e Tilia Ricarda de Barcellos (Abreu), com Maria Carlota Abreu, 19 anos. Padrinhos: Francisco Vaz Ferreira e Ricardo dos Santos Abreu Filho.
               N.1-CELSO BARCELLOS 
                N.2-RUI
                N.3-MARÍLIA
                N.4-SOSTHENES (1900)

F.4-RICARDO FRAGA DE ABREU (1873)
Data do batismo: 25/12/1873.   Nascimento: 14/10/1873.  Padrinhos: Ignácio dos Santos Abreu e Mª de AbreuFaleceu novo.

F.5-MARICA FRAGA DE ABREU cc. INHOZINHO

F.6-TÍLIA DE ABREU FRAGA (1875)  cc. ILDEFONSO ITAPENÕES DA COSTA
Ele, filho de Manoel Luiz da Costa e Maria Emília da Costa. Ela nasceu em 28/01/1875.
N.1-FELICIDADE (1893) .
N.2-SATURNINO (1898)  
N.3-ANTENOR (1898) 

F.7-TÚLIA FRAGA DE ABREU (1876) cc. FRANCISCO NERY DE ABREU (1875)
                Ele é filho de Felippe Nery de Abreu e Firmina Antonia de Fraga.
N.1-FELIPE FRAGA DE ABREU (1902-1959)  cc. ANGÉLICA DOS SANTOS ABREU (1907-1975)
N.2-SATURNINA FRAGA DE ABREU (1904) cc. ASSIS BARCELOS
Saturnina nasceu em 13/04/1904. Ele, filho de Francisco Salles de Barcellos e Ana Emília Ferreira.
N.3-CÍCERO FRAGA DE ABREU (1913-1994)  cc.  EMÍLIA ABREU DE ABREU (1915-2003)
Ela é filha de Inácio dos Santos Abreu e Maria Carlota Nery de Abreu.
N.4-EUTALIA cc. ALENCARINO SCARPETTI (1902-1982)
                Ele é filho de Francisco Scarpetti e Tília Fausta Ferreira, portanto  primo da Eutália.
N.5-ZILDA FRAGA DE ABREU (1922) cc. VOLMER SCARPETT
Ela nasceu em 11/07/1922. Casaram em 27/09/1947.Ele é filho do Francisco Scarpetti e Tília Fausta Ferreira, portanto primos de 2º grau. Volmer é  irmão do Alencarino, Nelson, Ester e Cecília Scarpetti.
N.6-AURORA (faleceu jovem)
N.7-OLGA (faleceu jovem)

ILDA (filha de escravos) e ALZEMIRO (Cebinho): Foram criados com a família.